domingo, 30 de setembro de 2012

Aconteça o que acontecer no Dragão, Sá Pinto deve continuar no comando técnico do Sporting

Ponto prévio, estou deveras desiludido (para não dizer pior) com a performance do Sporting este ano. Também eu não consigo perceber como um plantel como este, que é um excelente plantel!, não consegue ser convicente nas actuações. É estranho para mim, para outros a culpa é do treinador. Para muita gente o insucesso está sempre no treinador, há 20 e tal anos que ouço sempre a mesma desculpa. Já todos vimos este filme, Sá Pinto vai embora, vem outro treinador para daqui a 6 meses ser trucidado pela crítica.

Pois bem, estou farto desse discurso! Farto!

E que tal, para variar, apoiar incondicionalmente o treinador e direcção e no fim do campeonato, aí sim, fazer um balanço e tirar as devidas ilações? É assim que funcionam as coisas num qualquer trabalho, há um período onde se estabelecem objectivos, findo esse período faz-se um balanço e tomam-se as devidas medidas tendo em vista a melhoria da organização.

Eu sei, eu sei, "estamos todos fartos destes discursos tecnocratas, o que queremos é resultados e o resto é conversa".  Acham mesmo que "o resto é conversa"? Eu não acho, aliás, é aqui que deve ser colocada a questão de futuro Sportinguista: devemos andar de revolução em revolução ou optamos por período de estabilidade e acreditamos no trabalho que está a ser feito. Voltando ao início: o plantel foi bem construído.

PS (1): o discurso de Sá Pinto está a mudar, prevejo um melhoria de atitude no jogo do Dragão.
PS (2): Sá Pinto já percebeu que Jeffrén é um bom avançado móvel, antevejo boas notícias para o nosso lado.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Procurar na Bancada de Imprensa

Pesquisa personalizada

Número total de visualizações de página

SiteMeter

FeedBurner FeedCount

Page Rank

Subscribe via email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner