domingo, 30 de setembro de 2012

Aconteça o que acontecer no Dragão, Sá Pinto deve continuar no comando técnico do Sporting

Ponto prévio, estou deveras desiludido (para não dizer pior) com a performance do Sporting este ano. Também eu não consigo perceber como um plantel como este, que é um excelente plantel!, não consegue ser convicente nas actuações. É estranho para mim, para outros a culpa é do treinador. Para muita gente o insucesso está sempre no treinador, há 20 e tal anos que ouço sempre a mesma desculpa. Já todos vimos este filme, Sá Pinto vai embora, vem outro treinador para daqui a 6 meses ser trucidado pela crítica.

Pois bem, estou farto desse discurso! Farto!

E que tal, para variar, apoiar incondicionalmente o treinador e direcção e no fim do campeonato, aí sim, fazer um balanço e tirar as devidas ilações? É assim que funcionam as coisas num qualquer trabalho, há um período onde se estabelecem objectivos, findo esse período faz-se um balanço e tomam-se as devidas medidas tendo em vista a melhoria da organização.

Eu sei, eu sei, "estamos todos fartos destes discursos tecnocratas, o que queremos é resultados e o resto é conversa".  Acham mesmo que "o resto é conversa"? Eu não acho, aliás, é aqui que deve ser colocada a questão de futuro Sportinguista: devemos andar de revolução em revolução ou optamos por período de estabilidade e acreditamos no trabalho que está a ser feito. Voltando ao início: o plantel foi bem construído.

PS (1): o discurso de Sá Pinto está a mudar, prevejo um melhoria de atitude no jogo do Dragão.
PS (2): Sá Pinto já percebeu que Jeffrén é um bom avançado móvel, antevejo boas notícias para o nosso lado.

5 comentários:

  1. A serio? :D e porquê? Será pura e simlpesmente porque o actual estagiario de treinador se chama Sa Pinto?

    Isto de os posts anteriores ficarem gravados é uma coisa lixada.

    É que para o momento actual bastava trocar 5 ou 6 palavras neste post:

    http://bancadadeimprensa.blogspot.pt/2012/02/nao-tem-nada-que-saber-domingos.html

    Mas não, calminha, ponderação e apoio incondicional rumo à pior classificação de sempre.

    ResponderEliminar
  2. Mas qual calminha, ponderação e apoio incondicional? Não sejas tonto, Jorge, pelo menos lê o que eu escrevi:

    "Já todos vimos este filme, Sá Pinto vai embora, vem outro treinador para daqui a 6 meses ser trucidado pela crítica."

    E já que és um leitor atento, podias muito bem ter feito uma alusão a este posts:

    http://bancadadeimprensa.blogspot.pt/2012/03/sa-pinto-o-mentalista.html

    http://bancadadeimprensa.blogspot.pt/2012/03/ter-uma-ideia-e-fundamental.html

    Isso sim, era de valor.

    ResponderEliminar
  3. "E que tal, para variar, apoiar incondicionalmente o treinador e direcção e no fim do campeonato, aí sim, fazer um balanço e tirar as devidas ilações? É assim que funcionam as coisas num qualquer trabalho, há um período onde se estabelecem objectivos, findo esse período faz-se um balanço e tomam-se as devidas medidas tendo em vista a melhoria da organização."

    Então mas afinal de contas que está vc a dizer?
    Perante situações similares, numa o Domingos é o responsavel e é melhor nem voltar ao continente, na outra, já estamos fartos de revoluções, etc, etc.

    Será que a coerência é afectada pelo facto de um se chamar Domingos e o outro Sá Pinto?





    ResponderEliminar
  4. Jorge,

    fiquei renitente em te responder. Pensei que o facto de aquele artigo ter sido escrito 8 meses após o início da temporada, antes de um jogo de vital importância para o clube, (em oposição aos 2 meses de Sá Pinto e estarmos a falar de um joga de início de campeonato), era por si só esclarecedor.

    Afinal enganei-me.

    PS: depois de ler o que escrevi sinto-me meio parvo por ter de explicar uma coisa tão simples de entender.

    ResponderEliminar
  5. Tem razão, sou eu que sou mesmo muito burro... e adoro quando são condescendentes comigo.
    Aliás o facto de estar a perder tempo com gente que nem tem coragem de assumir o que pensa é bem reveladora do meu nivel intelectual.

    A questão não é o momento e ambos sabemos que isso é meramente uma desculpa. É o tom e a exigência em relação a um e a outro que me parece completamente incoerente.

    Não perca o seu certamente precioso tempo ...eu também não penso perder tempo a ler a resposta.

    ResponderEliminar

Escreve aqui a tua opinião, seja ela qual for.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Procurar na Bancada de Imprensa

Pesquisa personalizada

Número total de visualizações de página

SiteMeter

FeedBurner FeedCount

Page Rank

Subscribe via email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner