segunda-feira, 30 de maio de 2011

Ao Sábado: Um desejo a todos - Paz


Paz de la Huerta
“Tout progrès est basé sur le désir, universel et inné chez tout organisme, de vivre en dépensant plus que son revenu.”
 

- Samuel Butler | Carnets 

sábado, 28 de maio de 2011

Ao Sábado: L’oisiveté






photo by Günter Rössler, 1977


"L'oisiveté est, dit-on, la mère de tous les vices, mais l'excès de travail est le père de toutes les soumissions."

- Albert Jacquard

Ao Sábado: Nastassja Kinski...




Richard Avedon   |   Nastassja Kinski   |   1982
"A portrait photographer depends upon another person to complete his picture. The subject imagined, which in a sense is me, must be discovered in someone else willing to take part in a fiction he cannot possibly know about." Richard Avedon

sábado, 21 de maio de 2011

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Pindérica!









  Lucy Pinder

   “Si tes amants t’ennuient, marie-toi, cela leur donnera du piquant.”
   - Jean Anouilh  |  Le bal des voleurs 

quarta-feira, 18 de maio de 2011

terça-feira, 17 de maio de 2011

Champtoceauxphoto, Pays de la Loire

Champtoceaux, photo by Elger Esser, 2000

Champtoceaux é uma comuna francesa na região administrativa da Pays de la Loire, no departamento de Maine-et-Loire. Estende-se por uma área de 15,54 km², com 1748 habitantes, segundo os censos de 1999, com uma densidade de 112 hab/km².

Mas mais importante do que isso, é um dos locais de férias de que tenho mais saudades. 

Oh, malheur aux bords de la Loire...  

segunda-feira, 16 de maio de 2011

El sueño


Si el sueño fuera (como dicen) una
tregua, un puro reposo de la mente,
¿por qué, si te despiertan bruscamente,
sientes que te han robado una fortuna?

¿Por qué es tan triste madrugar? La hora
nos despoja de un don inconcebible,
tan íntimo que sólo es traducible
en un sopor que la vigilia dora

de sueños, que bien pueden ser reflejos
truncos de los tesoros de la sombra,
de un orbe intemporal que no se nombra

y que el día deforma en sus espejos.
¿Quién serás esta noche en el oscuro
sueño, del otro lado de su muro?

Jorge Luis Borges. El otro, el mismo (1964)

sexta-feira, 13 de maio de 2011

Champtoceauxphoto, Pays de la Loire

Champtoceaux, photo by Elger Esser, 2000  

Champtoceaux é uma comuna francesa na região administrativa da Pays de la Loire, no departamento de Maine-et-Loire. Estende-se por uma área de 15,54 km², com 1748 habitantes, segundo os censos de 1999, com uma densidade de 112 hab/km².

Mas mais importante do que isso, é um dos locais de férias de que tenho mais saudades. 

Oh, malheur aux bords de la Loire...  

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Palmist psychometry




"The scientific fact of clairvoyance, telepathy, soul-flight, psychometry, and prophecy are well established by incontrovertible evidence."
 - Benjamin Fish Austin

Javi Martínez en Athletic hasta 2015



"Esta tarde anunciaré una sorpresa muy agradable para mí... Y espero que para todos vosotros", ha escrito el futbolista esta mañana en su cuenta personal de Twitter. 

Apesar de ter somente 22 anos, o campeão do mundo Javi Martinez leva já uma grande carreira no Athletic: em cinco temporadas somou 195 partidas e marcou 23 golos. Não é para qualquer um.

Lorca, España



A presença massiva de máquinas fotográficas, TVs e rádios em Lorca não poderia ser desperdiçada pela classe política. Após o terremoto, chegam os líderes. O presidente de Murcia, Ramón Luis Valcárcel, aterrou às 9h00 horas, no aeroporto de San Javier, de Barcelona, ​​meia hora depois, assim como o líder do PP, Mariano Rajoy, e ambos se dirigem a Lorca onde também vai viajar ao meio-dia o líder da IU, Cayo Lara.

Na população lorquina, devastada por um terremoto que deixou oito pessoas mortas, ontem, estão agora o vice-presidente e ministro do Interior, Alfredo Perez Rubalcaba, e o ministro da Defesa, Carme Chacón. O  PSOE? Não descartam a presença de Zapatero.

Em Lorca está, também, desde de ontem à noite a líder do PP Ana Mato, que chegou à cidade fronteiriça de Puerto Lumbreras, às duas da manhã e visitou à área afectada.

Com tanta "gente" lá para ajudar penso que poderemos dispensar a gentil ajuda dos portugueses.

PS: Digam-me lá se aquele repórter da TVE não faria escola na TVi? 

terça-feira, 10 de maio de 2011

pulcrícomo

pulcrícomo
(latim pulcher, -cra, -crum, bonito + grego kóme, -es, cabelo)
adj.
Poét. Que tem formosa cabeleira.

Talvez tenha sido isso que o tenha salvo. Pelo menos para já...

sábado, 7 de maio de 2011

Ao Sábado: un agitateur




“Je voudrais être un agitateur pour les réguliers, et parvenir à ce qu’on laissât s’exprimer les irréguliers.”
- Michel Foucault 

sexta-feira, 6 de maio de 2011

FC Porto vs SC Braga. A final justa e merecida, mas inesperada


Já todos sabemos que "humildade", entre outras coisas, é uma palavra desconhecida para alguns jornalistas(?) da BenficaTV. Um exemplo perfeito é este aqui documentado, onde se pede aos adeptos Benfiquistas que telefonem para ganhar um bilhete para ver o Benfica em Dublin. Vá lá que não é um número de valor acrescentado

O autor desta ideia possivelmente inspirou-se numa outra, de Tom Schulman, o argumentista de "O clube dos Poetas Mortos", quando Robin Williams "[John Keating"] diz para Gale Hansen ["Charlie Dalton" ou "Nuwanda"]:

"Um telefonema de Deus? Se fosse a cobrar no destino, isso sim, seria ousado!" 

Time Lapse: Real Madrid vs Barcelona


Champions timelapse from Luis Caldevilla on Vimeo.

Time Lapse é uma fantástica técnica fotográfica onde o atractivo é a noção de passagem do tempo. Este trabalho é do fotógrafo Luis Caldevilla que utilizou de 4 câmeras e 50 mil fotos para montar um vídeo de 02 minutos e 38 segundos.

O efeito final é verdadeiramente espantoso.

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Um Nobel sem escrúpulos

Um sinal, entre muitos, que ilustram a profunda crise moral da "civilização ocidental cristã", que os Estados Unidos da América afirmam representar, é fornecida com a notícia do assassinato de Osama Bin Laden. Além da rejeição que sentimos sobre o carácter e os métodos de luta, a natureza da operação realizada pelos Navy Seals, da Marinha dos Estados Unidos, é um acto de barbárie inominável perpetrada sob as ordens directas de um personagem que, com a sua conduta, desgraça a honra concedida pelo Parlamento norueguês para estabelecê-lo como Prémio Nobel da Paz em 2009.

De acordo com o estabelecido por Alfred Nobel em seu testamento que a distinção, lembre-se, era para ser concedida, "a pessoa que trabalha mais ou melhor para a fraternidade entre as nações, pela abolição ou redução dos exércitos permanentes e que a exploração e promoção de processos de paz." 

O louco que anunciou ao povo americano a morte do líder da Al-Qaeda, dizendo que "a justiça foi feita" é a perfeita antítese com os termos do Nobel. A operação de comando detém a menor semelhança com o devido processo, e jogando os restos mortais de sua vítima para o mar para esconder os vestígios do processo é o modos operando típico da máfia e do genocídio. O mínimo que o parlamento norueguês deve fazer é exigir a devolução do prémio. 

Na operação macabra, encenada na periferia de Islamabad, há muitas questões que permanecem nas sombras, e a tendência do governo dos Estados Unidos para desinformar o público torna ainda mais suspeita esta operação. A Casa Branca, vítima de uma compulsão doente de mentir, (lembram-se da história de "armas de destruição em massa existentes no Iraque, ou o famigerado Relatório Warren, que decidiu que não houve conspiração no assassinato de Kennedy, a obra de" lobo solitário "Lee Harvey Oswald) nos obriga a tomar com pinças de cada uma das suas reivindicações. Bin Laden foi ou não morto? A vítima poderia ter sido outra pessoa? Onde estão as fotos, provas de que o falecido é Osama? Se o teste de DNA foi realizado, como foi obtido, onde estão os resultados e quem foram as testemunhas? Por que não o submeteu à apreciação pública, como o fez, sem ir mais longe, com os restos do Comandante Ernesto "Che" Guevara? e, como ele diz, Osama estava escondido em uma mansão transformada em uma fortaleza, como é possível que em uma batalha que durou quarenta minutos, os membros do comando dos EUA voltaram para a sua base, sem sofrer sequer um arranhão? Mas que fraca pontaria têm os defensores do fugitivo mais procurado do mundo, que é dito possuir um arsenal de armas letais de última geração. Quem estava com ele? De acordo com o comando da Casa Branca, foi morto bin Laden, o seu filho, dois outros homens em sua custódia e uma mulher que, dizem eles, foi abatida porque foi utilizada como escudo humano por um dos terroristas.

Também foi dito que duas pessoas haviam sido feridas em combate. Onde é que eles estão, o que fizeram com eles? Será que eles vão ser levados a julgamento, eles vão ter declarações a lançar luz sobre o que aconteceu, falando em uma conferência de imprensa para contar o que aconteceu? Então, parece que esta "façanha" vai ficar na história como um assassinato mafiosas operação Valentim ordenados por Al Capone para acabar com os chefes de gangues rivais.

Morte a Osama, que era uma ameaça. Ele sabia (ou sabe) demais, e é razoável supor que a última coisa que o governo dos EUA queria era ir a julgamento e deixá-lo falar. Este caso, tem provocado um escândalo de proporções enormes, a revelar as ligações da CIA, armas e dinheiro fornecidos pela Casa Branca, operações ilegais montadas por Washington, o negócio da família escuro com o lobby do petróleo dos EUA e especialmente com a família Bush, entre outras trivialidades. Em suma, uma testemunha que havia para reprimi-las ou sim, como Muamar Kadafi. O problema é que Osama é morto por jihadistas islâmicos torna-se um mártir para a causa, e desejo de vingança irá certamente aumentar a muitas células adormecidas da Al Qaeda para perpetuar atrocidades para vingar a morte de seu líder.

Mas que oportuna foi a morte de bin Laden. Numa área de importância crucial para a estratégia de dominação imperial, o assassinato de Bin Laden, Al Qaeda reinstala-se como centro do palco. Se alguma coisa neste momento é uma verdade incontestável é que esses distúrbios não estão a responder a qualquer motivação religiosa. As suas causas, os seus temas e formas de luta são, essencialmente, seculares e nenhum - de Tunísia para o Egipto, através da Líbia, Bahreim, Iêmen, Síria e Jordânia, os holofotes caíram sobre a Irmandade Muçulmana ou da Al Qaeda. O problema é o capitalismo e os efeitos devastadores das políticas neoliberais e os regimes despóticos que se instalaram nesses países e não as heresias do "infiel" Oeste. Mas o imperialismo dos EUA e seus seguidores na Europa que desejam, desde o início, para trazer estas revoltas, como resultado do mal do islamismo radical e a Al Qaeda, que não é verdade. Há um detalhe não anedótico que torna ainda mais imoral esta bravata americana: poucas horas depois de ser baleado, o cadáver do suposto Bin Laden foi atirado ao mar.  Quem leu até aqui que escreva a palavra "fake" nos comentários. O mentiroso comunicado da Casa Branca disse que os seus restos mortais foram enterrados respeitando as tradições e os rituais islâmicos, mas não é verdade. Ritos funerários do Islão, para lavar o corpo, vestido com uma mortalha, para estabelecer uma cerimónia religiosa, que inclui orações e funeral e depois é só seguir para o enterro do defunto.

Pode-se especificar que o corpo deve ser depositado directamente no chão, apoiado em seu lado direito e o lado voltado para Meca. Como rapidamente tiveram que ser feitas para o combate, a recuperação do corpo, a identificação, recuperação do DNA, a transferência para um navio dos EUA, localizada a apenas cerca de 600 quilómetros do subúrbio de Islamabad, onde ocorreram as confrontações e, finalmente, navegar até o ponto onde o corpo foi atirado ao mar para observar os ritos do islão? Na verdade, o que foi feito foi morto e "desaparecido" uma pessoa, supostamente bin Laden, seguindo uma prática sinistra utilizado principalmente pela ditaduras genocidas. Um acto imoral que não só ofende as crenças muçulmanas, mas uma antiga tradição cultural do Ocidente, mesmo antes do cristianismo. Como testemunhou magistralmente Sófocles em Antígona, de privar um cadáver do seu túmulo por sua vez as paixões mais amargas. Aqueles que hoje deve estar queimando as células do fundamentalismo islâmico, ansioso para dar uma lição aos infiéis insultado o corpo e a memória de seu líder. Barack Obama acaba de dizer que após a morte de Osama Bin Laden, o mundo é um lugar mais seguro para viver. Ele está errado. A sua acção provavelmente não terá feito mais do que acordar um monstro, estava adormecido.

O tempo dirá se isso é verdade ou não, mas há muitas razões para estar preocupado.

terça-feira, 3 de maio de 2011

Conflitos de gerações

Dissertando sobre conflitos de gerações, o médico inglês Ronald Gibson começou uma conferência citando quatro frases:


1. “A nossa juventude adora o luxo, é mal-educada, despreza a autoridade e não tem o menor respeito pelos mais velhos. Os nossos filhos hoje são verdadeiros tiranos. Eles não se levantam quando uma pessoa idosa entra, respondem aos pais e são simplesmente maus.”

2. “Não tenho mais nenhuma esperança no futuro do nosso país se a juventude de hoje tomar o poder amanhã, porque esta juventude é insuportável, desenfreada, simplesmente horrível.”

3. “O nosso mundo atingiu o seu ponto crítico. Os filhos não ouvem mais os pais. O fim do mundo não pode estar muito longe.”

4. “Esta juventude está estragada até ao fundo do coração. Os jovens são maus e preguiçosos. Eles nunca serão como a juventude de antigamente… A juventude de hoje não será capaz de manter a nossa cultura.”

Após ter lido as quatro citações, ficou muito satisfeito com a aprovação que os espectadores davam às frases.

Então, revelou a origem delas:

- a primeira é de Sócrates (470-399 a.C.)

- a segunda é de Hesíodo (720 a.C.)

- a terceira é de um sacerdote do ano 2000 a.C.

- a quarta estava escrita em um vaso de argila descoberto nas ruínas da Babilónia e tem mais de 4000 anos de existência.

Fantástico!! Não mudou nada!!

La ETA, el GAL, Bin Laden y Obama


PhotoBobweigh
Hace unos meses la blogosfera española bullía en un grito común contra la posibilidad de que se cerraban webs sin mandato judicial. Hoy ha ocurrido algo mucho peor que eso: se ha aplicado la pena de muerte a una persona (Bin Laden) sin ese mandato judicial, únicamente con el mandato de un original nobel de la paz, Obama, que decía sentirse muy orgulloso de haber ordenado esa ejecución.
Y me sorprende muy negativamente la satisfacción de Zapatero con este asesinato o las declaraciones de Rajoy, que lo ve como un paso adelante. A mi, en cambio, me parece un retroceso en la libertad y seguridad, una peligrosísima iniciativa por la que el gobierno de un país decide entrar en otro sin informarle, asesinar a un ciudadano y después arrojar su cadáver al mar (por muy malo que fuese ese ciudadano, que lo era). Esta acción me recuerda a los GAL. Recordemos lo que sucedió con Lasa y Zabala, secuestrados en Francia por miembros de las fuerzas de seguridad españolas, torturados en el cuartel de la Guardia Civil de Intxaurrondo y asesinados después de obligarles a cavar sus propias tumbas. Y así otros 22 asesinatos. El PSOE y el PP rechazan ahora esas actuaciones de terrorismo de estado, pero se alegran del asesinato de Bin Laden. No puedo entenderlo
Aquí cada uno utiliza el término terrorismo como le viene en gana y quién es héroe para unos será villano para otros. Los que hoy aplauden la ejecución sin juicio de Bin Laden ayer condenaron la ejecución sin juicio de Lasa y Zabala, aunque mucho antes lo habían impulsado. Y el jueves celebrarán que una coalición que rechaza el terrorismo, Bildu, no pueda presentarse a las elecciones. El mundo está loco y los únicos cuerdos somos quienes condenamos y rechazamos todos los asesinatos, vengan de ETA, del GAL, de Bin Laden o de Obama. O puede que los locos seamos nosotros, no se.

Fonte: Músico, poeta y loco 

segunda-feira, 2 de maio de 2011

You're doing it wrong, Obama!


“I’ve never wished a man dead, but I have read some obituaries with great pleasure.”
- Mark Twain


Obviamente que me refiro à morte de Osama bin Laden [Link 1] e [Link 2].

Ao que parece a foto que foi posta a circular é fake, junte-se a isso um "enterro no Oceano Índico" e temos todas as condições para se perpetuar um mito. You're doing it wrong, Obama! Se verificarem, o NY Times não tem uma única referência a dizer que a foto que foi posta a circular, é "Photoshopada".  You're doing it wrong NY Times!

Não é a 1ª vez que se anuncia a morte de Osamam bin Laden, já em 2001 os meios de comunicação social americanos, CNN, NY Times, Fox News, tinham anunciado a sua morte e também na altura houveram manifestações de regozijo. Benazir Butto também já tinha anunciado que, Osama bin Laden, tinha morrido [02:20m] apesar de o jornalista olimpicamente a ignorar.


A diferença, bem relevante, é que desta vez temos o líder mundial Presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama, a anunciar e assumir que é de facto "o homem mais odiado da América, após Adolf Hitler" que foi assassinado. 

Eu sou adepto, confesso, das "Teorias da Conspiração". Adoro uma boa história por mais, ficcional que seja, que contradiga factos relevantes e socialmente aceites. Como é este caso. Não porque acredite nelas, não acredito, mas simplesmente porque as mesmas remetem-nos para uma realidade paralela, por vezes bem mais interessante. Não é este o caso, obviamente. Já nada deterá o curso da História: Este será o dia em que Osama bin Laden morreu.        

E, mesmo assim, temos aqui todos os ingredientes para uma boa história, não tenham dúvidas.

You're doing it wrong Obama! But thank's anyway...

EDIT: Dica do meu amigo Márcio Guerra, da Bimbosfera. Para saber se uma foto é ou não "Photoshopada" siga este link http://errorlevelanalysis.com/ as partes mais claras geralmente indicam-nos que sim. Muito útil, sem dúvida.

domingo, 1 de maio de 2011

O artigo pouco interessa, o que interessa são os comentários?

Já todos nós tivemos a experiência, exasperante, de ler um comentário a um artigo e pensar, que o mesmo, nada tem que ver com o que foi lançado à discussão. Muitos dos comentadores de blog "saltam" o artigo e passam logo para a caixa de comentários.

Para demonstrar este comportamento o site Ars Technica efectuou um simples experiência. No meio de um artigo que até era interessante, Guns at home more likely to be used stupidly than in self-defense, um tema deveras importante na sociedade americana, escreveu "If you have read this far, please mention Bananas in your comment below. We're pretty sure 90% of the respondants to this story won't even read it first".

Simples, se realmente leste o artigo vais dar a tua opinião e mencionas "bananas" no comentário. Assim todos ficamos a saber quem leu, ou não, o artigo. Separar o trigo do joio, e não fazer figura de urso...

O resultado? É preciso ir para a página 3 dos comentários para aparecer um leitor a mencionar "bananas"

De hoje em diante há que estar mais atento ao que se lê e principalmente ao que se comenta... se a moda pega... eu para a próxima que escrever um artigo extenso vou experimentar esta "técnica"...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Procurar na Bancada de Imprensa

Pesquisa personalizada

Número total de visualizações de página

SiteMeter

FeedBurner FeedCount

Page Rank

Subscribe via email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner