quinta-feira, 28 de julho de 2011

Benfica e o ensaio Turco

A vitória encarnada no jogo de ontem, por 2-0, sendo inteiramente justa é, também, um bom tónico para o que aí se avizinha.

O jogo não foi de encher o olho [calma amigos Benfiquistas que o campeão da pré-epoca é o Sporting, com a sua estrondosa vitória sobre a Juventus...) mas já deu para tirar algumas ilações:

Artur: Agora já dá para perceber melhor o quão fraco é Roberto?

Rúben Amorim: Parece ser um rapaz simpático, que até tira umas lascas ao mulherio, mas nunca será um Maxi Pereira.

Emerson: Ou Imérson, como diz JJ. Eu sei que foi contratado como recurso, que será suplente de Joan Capdevila. E até se fala de um tal de Ansaldi... Não é tão bom para o comparar a Abidal, mas também não é nenhum bidon para ser empurrado para 3ª escolha.

Garay: É mesmo bom jogador, como já tinha dito.

Luisão: Tem uma postura pouco condizente com os pergaminhos do clube e com o que joga. Que costuma ser bastante. Mas não será muito curto ter somente dois atletas de qualidade para esta posição? Acho que ainda vem aí qualquer coisa. Coates?

Javi: O costume. Matic até pode ser bom, mas poucas hipóteses terá.

Enzo Perez: Foi uma desilusão. E a atitude revelada é de aplaudir, mas tem de fazer muito mais

Nolito: Não sendo um craque, que manifestamente não é, pode ser muito mais útil do que Enzo. Pelo menos nesta primeira fase. O golo que marcou era de difícil execução porque a bola sobe para a altura do joelho. Não foi bonito, mas foi muito eficaz.

Aimar: Aquele passe para o 1º golo, aquele passe...

Witsel: Com Aimar na equipa Witsel não terá grandes hipóteses de brilhar. Pode jogar descaído para uma das faixas? Pode, mas estará a perder-se qualidade. E quem sairia? Perez, Nolito ou Gaitán? E para além do mais o rapaz não gosta dessa posição. Fica a suplente de Aimar e fica muito bem porque ainda fará muitos minutos.

Gaitán: Um golo memorável. E importante. Às vezes displicente, como todos os grandes jogadores (se falha no lance do golo toda a gente lhe caía em cima).

Saviola e Cardozo: Algo desinspirados, mas a qualidade está lá, obviamente. No banco é que não estava ninguém. Ou melhor até estava, mas não com qualidade destes dois.

Fra(n)co Jara: O trocadilho é óbvio, mas sinceramente, este Jara é muito fraco. Ou sou eu que estou com azar e quando vejo jogos do Benfica ele nunca joga uma "casca de tremoço"? Acho que ainda virá alguém para esta posição.

Apesar de todas as indefinições deste início de época, para 1º jogo não está nada mal. Mas também no ano passado, na pré-época, também se elogiava o Sporting, treinado por aquele moço que agora não me lembro nome.

2 comentários:

  1. DUX XXI,
    Tinha muitas saudades de ler-te, e fizeste-me sorrir muito. Antes desta mensagem, "benfica e o ensaio Turco" - que em si é já muito antiga, leva 8 dias - havias estado perfeitamente desaparecido durante longas semanas. Desaparecimento esse que foi notado. Quando há 8 dias publicaste esta mensagem, foi muito bom, porque significou o teu regresso. Significando, também, que estás bem.

    Um abraço, e não voltes a estar tanto tempo sem dizer nada.
    PS, publica qualquer coisa lá no outro lado. Nem que seja um link, uma música, qualquer coisa. Que é para meter o teu nome lá em cima, junto dos outros dois que por lá estão. Dar-me-ia muito prazer.

    ResponderEliminar
  2. PS2,
    "Saudades de ler-te e fizeste-me sorrir" não se referia a esta mensagem, do "ensaio". Refere-se a palavras que acabei de ler, tuas, em parte outra.

    ResponderEliminar

Escreve aqui a tua opinião, seja ela qual for.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Procurar na Bancada de Imprensa

Pesquisa personalizada

Número total de visualizações de página

SiteMeter

FeedBurner FeedCount

Page Rank

Subscribe via email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner