sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

“Mona Lisa é um homem”, dizem peritos italianos

 
A Mona Lisa, de Leonardo Da Vinci, não pára de intrigar. Desta vez, há quem defenda que quem se esconde por detrás do enigmático sorriso é um jovem que trabalhou como assistente do mestre do Renascimento. No final do ano passado, um grupo de investigadores revelou a descoberta de símbolos nunca vistos na pintura: Uma letra “L” num dos olhos; a letra “S” no outro, para além do número 72: “O 72, na tradição judia é o nome de Deus. 72 são os profetas e 72 os discípulos de Cristo no Novo Testamento”, refere o presidente do Comité italiano para a Valorização dos Bens Históricos. Segundo Silvano Vincente, autor desta tese, quem serviu de modelo a Mona Lisa foi Gian Giacomo Caprotti, conhecido como Salai, que terá tido com Da Vinci uma relação, dita, ambígua. Vincente defende que as letras “L” e “S” são as iniciais de Leonardo e Salai. Todas estas revelações deixam os peritos do Museu do Louvre, onde a pintura se encontra, bastante cépticos.

Fonte: euronews

Sem comentários:

Enviar um comentário

Escreve aqui a tua opinião, seja ela qual for.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Procurar na Bancada de Imprensa

Pesquisa personalizada

Número total de visualizações de página

SiteMeter

FeedBurner FeedCount

Page Rank

Subscribe via email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner