quinta-feira, 11 de abril de 2013

Já ouvimos o presidente, falta ouvir a banca...

Bruno de Carvalho falou e, como tinha dito no último post, a banca tirou mesmo o tapete ao novo Presidente do Sporting, eleito democraticamente pelos sócios. Se calhar convêm  reforçar esta ideia, este Presidente foi eleito DEMOCRATICAMENTE pelos sócios. Agora, pela via obtusa os banqueiros querem comandar a vida do clube. Obviamente não aceito esta tentativa de golpe palaciano.

Considero que há margem de a banca reaver o dinheiro investido, e eles sabem disso, mas o problema é... a auditoria às contas do Sporting. Aí, meus caros, é que reside o problema. Um problema bem maior do que os 400 milhões de dívida. Bruno de Carvalho parece não querer ceder à pressão da banca, mas se as posições se extremarem, e estão perto do disso, calculo eu [" se houver bom senso resolve-se depressa se não houver vai-se arrastar..." disse o Presidente] em breve vamos ter uma cisão irreparável entre Sporting e a Banca.

Se isso nos leva à refundação? Que seja, antes morrer de pé do que viver de joelhos!

4 comentários:

  1. Primeiro que tudo, a auditoria de gestão custa muito dinheiro. Dinheiro esse que BdC não tem. Como é obvio os bancos querem controlar o que BdC faz com o dinheiro e o facto dele ter sido eleito pelos sócios é-lhes completamente indiferente. Eles só querem saber do dinheiro que emprestaram ao SCP.

    É também obvio que BdC (e o SCP) não tem força negocial suficiente para "exigir" o que quer que seja aos bancos. Eles é que podem exigir ao SCP e o resto é conversa. Mas isto já se sabia muito antes das eleições. O que BdC andou a falar na sua campanha foi uma grande conversa para sócios ouvirem, mas infelizmente não é a verdade.

    Ele só tem 3 saídas: ou se demite, ou aceita as condições dos bancos, ou arranja investidores que assumam a dívida do SCP e se livra dos bancos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mike,

      Achas que se a auditoria não se fizer será por falta de verba para a realizar, ou será pela pressão que está a ser exercida no presidente do Sporting?

      O Sporting não têm força negocial? Estás a falar a sério? Já paraste para pensar que se os sócios assim quiserem (não será o presidente a decidir isso...) podemos lançar a "bomba atómica"?

      "O que BdC falou na campanha foi uma grande conversa para sócios ouvirem..." dizes tu. Como os 3 candidatos disseram que tinham um acordo com a Banca depreendo que pouco interessava quem ganhava porque a banca iria sempre tirar o tapete ao futur Presidente, certo? A não ser que a banca tivesse um candidato, pronto para continuar a óptima gestão e da qual todos vemos os resultados desportivos e financeiros. Não acredito nisso, seria grave demais para o Sporting.

      De facto o presidente tem 3 saídas:

      - enfrenta os interesses instalados, aliás foi eleito por isso mesmo, até ao limite, deixando a "bomba atómica" na mão dos sócios;

      - dobra a espinha como os seus antecessores e continua com a gestão da banca, e teremos mais do mesmo;

      - demite-se e mobiliza os Sportinguistas para começar "um novo clube"

      Como vês o cenário é negro em qualquer dos casos. Agradece à banca e aos excelentes gestores por eles colocados na presidência do Sporting. Numa coisa concordamos Mike "... o facto dele ter sido eleito pelos sócios é-lhes completamente indiferente. Eles só querem saber do dinheiro que emprestaram ao SCP."

      Eliminar
    2. JL,

      Mentaliza-te duma coisa: a bomba atómica que tu falas prejudica muito mais o SCP do que a banca. É perdermos tudo o que temos (estádio, academia, jogadores, empregados, etc...) contra eles perderem os €400M.

      Nesse cenário:
      - nenhum deles nos voltaria a emprestar dinheiro;
      - eles continuavam a vida deles sem grandes dores de cabeça (já que €400M embora seja dinheiro não é nada comparado com os €2000M que têm em crédito mal parado, por exemplo);
      - o SCP muito dificilmente se reerguia;

      Só loucos é que continuam a falar dessa hipótese de ir para as distritais como se fosse uma coisa boa ou viável, sequer.

      Eliminar
    3. Mike,

      Eu disse no post "Considero que há margem de a banca reaver o dinheiro investido". E disse no comentário "Como vês o cenário é negro em qualquer dos casos"

      Isto é, ou a banca aceita trabalhar com o Sporting (e aceita, o que não aceita é este Presidente) ou não temos alternativa porque os investidores que possam existir NUNCA vão investir os 400M€. Tu és um gajo inteligente, eu sei porque leio as tuas opiniões há imenso tempo, e sabes muito bem que enquanto as contas estiverem cativas não haverá ninguém a colocar 1 cêntimo no clube.

      A Banca quer o controlo da SAD? Para quê? Como credora tem outros instrumentos para verificar o destino do dinheiro investido, e se o mesmo pode a ser recuperado ou não.

      O controlo da SAD serve para impedir a auditoria, mentaliza-te disso Mike.

      Queres saber a minha opinião do que vai acontecer? Lê logo à noite o post que vou escrever.

      Eliminar

Escreve aqui a tua opinião, seja ela qual for.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Procurar na Bancada de Imprensa

Pesquisa personalizada

Número total de visualizações de página

SiteMeter

FeedBurner FeedCount

Page Rank

Subscribe via email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner