terça-feira, 19 de abril de 2011

FC Porto numa luta fraticida, e uma pequena inconfidência

Um ponto de ordem. O FC Porto é um justo campeão nacional, sobre isso penso não existir a mais pequena dúvida. Vaticinei este desfecho bem cedo [estou com preguiça para colocar aqui os links mas se quiserem se dar ao trabalho de procurar, algures em Outubro, Novembro...]

Dito isto estou à vontade, como se fosse preciso, para tecer uns considerandos às últimas atitudes portistas. Que me desagradaram, como se pode constatar neste post. Se há coisas que me desagradam imenso, uma delas é não saber vencer. Eu sei que o que aconteceu com Pinto da Costa também já tinha acontecido com outros intervenientes, de uma outra agremiação. Mas hoje falo do FC Porto e da forma desrespeitosa como tratou um rival - o Sporting Clube de Portugal. Não sou dos que alinham numa união velada entre estes clubes, e se dúvidas houvessem os actuais dirigentes, inteligentemente, demarcaram-se dessa postura. Parece ser um bom indicador, para uma direcção que à partida teria poucas simpatias. Pelo menos da minha parte.

Com a Liga ganha o FC Porto almeja um outro "título". O de vencer a Liga sem conhecer o travo amargo da derrota. A luta fraticida é esta, que poderá hipotecar as outras competições. André Villas-Boas está apostado em deixar uma marca única no clube, que perdurará no tempo mais ainda do que o próprio título de campeão, e nesse feito está incluída uma campanha invicta na Liga Portuguesa e a vitória na Liga Europa.

A inconfidência, se assim se pode chamar, é a de que no FC Porto acredita-se que o jogo contra o SL Benfica é mais uma excelente oportunidade para dar umas alfinetadas no rival. A Taça de Portugal estará irremediavelmente perdida. Mas não para Villas-Boas, que prepara esse jogo como se de uma final se tratasse, conforme "uma fonte" me confidenciou. Adivinha-se mais desgaste das principais unidades portistas, que bem falta irão fazer na Liga Europa.

PS: Não é segredo para ninguém que não simpatizo com João Moutinho, porque não me revejo nesta forma de ser e estar, que é capaz de desvalorizar uma casa que o acolheu quando ele "era ninguém" no futebol. Ao que parece os jogadores Sportinguistas pensam o mesmo. Viram Izmailov recusar um aperto de mão ao ex-capitão? Eu vi e confesso: gostei. Gosto de tipos assim, que não têm problemas com a coluna vertebral e para quem o dinheiro e os títulos não são tudo.   

7 comentários:

  1. caro DUX,

    cá estou eu ;)
    tenho apreciado o teu bom gosto quanto às "obras de arte" com que "embelezas" o teu Bancada de Imprensa. são sempre um regalo - que em Espanhol também significa "oferta, presente, dádiva" (pelo que agradeço o teu gesto).

    se aquelas não me merecem (muitos) comentários, pela redundância inerente e (não tanto) aparente, já este teu post... ;)

    por onde começar? pelo princípio, talvez. 'bora lá! ;)

    1) (mais uma vez) Obrigado! por parabenizares o êxito desportivo do meu clube do coração - alcançado com todo o mérito;

    2) já sabes que com o Pinto da Costa, ou se gosta ou se detesta. não há cá meios-termos :)
    é um estilo - provavelmente em desuso - mas que lhe é típico, e bastante "peculiar". já se sabe que a Ironia e a crítica mordaz fazem parte do seu discurso. sinceramente e após reler as suas afirmações após o encontro do passado Domingo, não deixei de esboçar um novo sorriso. e porquê?
    é que aquelas declarações foram proferidas (a quente? talvez...) após as de Carlos Freitas e a conferência de Imprensa de José Couceiro. ou seja: foram uma resposta às insinuações baratas que lá foram debitadas. e sobre estas últimas, o que tens a dizer? eu cá acho que, se por um lado, eram evitáveis, pelo outro já sentia a falta delas. é também por estas situações que os Sportinguistas são conhecidos por "calimeros"...

    3) sobre o Moutinho: sinceramente não sei o que dizer de alguém que resolver progredir na sua carreira e subir um patamar na escada do Sucesso. considero que, acima de tudo, estava descontente com o facto de, no Sporting actual, estar "acomodado" e limitar-se a ganhar uma Taça de Portugal de quando em vez. onde é que está o mal? (sobre as suas desventuras financeiras não me pronuncio: "cada qual sabe de si e Deus sabe de todos").

    ps: tenho sentido a tua ausência dos teus comentários lá no meu estaminé.

    abraço forte

    ResponderEliminar
  2. Estimado DUX XXI,
    Subscrevo por inteiro o que dizes sobre a postura do Porto durante e no fim do jogo. Trocaria arrogância por pequenez, mas isso seria apenas eu. Durante o jogo também: aquele à-vontade típico no Porto em que às vezes dá a sensação que fazem o que querem porque têm o Rei na barriga é um pouco nojento, e só assim se explica, por exemplo, como é que se gastam mais de 10 minutos só à conta do Helton. Aquilo parecia que estava no treino: deitado, com muita gente à volta, sprays e tudo o mais, para depois se levantar, e dali a minutos voltar a deitar-se, para depois sair em passo muito devagarinho. O campeonato está entregue é um facto - e está muito bem entregue, como dizes - mas a competição ainda decorre, por isso aconselharia a seriedade que o Porto não tivesse encarado aquele jogo como uma celebração. Tem que ver com "conforto" DUX, o Porto é uma equipa "confortável", e isto nada tem que ver com arbitragens. Mas também. Sabes quando uma equipa entra e está em campo demasiado confortável? O Porto está quase sempre assim, pese embora não precisasse. Mas cada qual sabe de si claro, se os adeptos do Porto vivem bem com isso, óptimo.

    Sobre o João Moutinho, é de facto isso. É complicado porque nem sempre podemos esperar normais comportamentos de pessoas que não vivem normais contextos. É o dinheiro, é a profissão em si, o estilo de vida, a pressão de terem de agradar a muitos. Enfim, não faço ideia, mas não custa imaginar que será assim. E portanto podemos entender uma visão que diga que os jogadores de futebol devem somente em todos os momentos obedecer ao dever de profissionalismo e a mais não são obrigados. Tendo os Clubes de em contrapartida cumprirem toda e qualquer obrigação que os contratos de trabalho possam prever. Entendo isto perfeitamente, e nesta medida DUX ... o Sporting não tem de facto nada que apontar ao J. Moutinho: mais do que impecável profissional.
    Porém, a história não termina aqui claro: porque temos "n" exemplos de atletas e jogadores de futebol que são mais do que profissionais. Que se dedicam e amam o Clube que servem. No Sporting, há muitos, demasiados exemplos disso. No passado recente, bem menos, mas ainda assim existentes. Há até casos de jogadores, como este que aqui trouxeste - Izmailov - que certamente não sentido especial afecto pelo Sporting têm uma qualquer noção moral que os "obriga" ou faz sentir necessidade de ir um passinho mais além do que o profissionalismo ...
    Quando o Russo abdicou de uma grande fatia dos ordenados enquanto estve lesionado há 2 anos, foi isso mesmo que nos mostrou. Quando disse milhentas vezes que não lhe interessava sair do Sporting apenas para ir ganhar mais dinheiro, foi também isso que nos mostrou. E ora, se temos exemplos destes no universo de jogadores de futebol, embora não devamos exigir que todos os reproduzam, podemos pegar neles para moralmente "punir" aqueles que lhes passam ao lado.
    No João Moutinho, enquanto adepto do Sporting é isso que faço. Não lhe desejo mal, gostaria que ele nunca tivesse saído do Sporting mas, é um sujeito que não me diz nada. Não tenho por ele nenhum respeito nem ponta de consideração. E quem perde com isso é o João Moutinho, porque aquilo que ele recebia dos Sportinguistas nunca receberá dos portistas. Jamais.

    Ainda em portistas, são escolhas: uns são calimeros, outros convivem bem com dirigentes corruptos e podres.
    Acho bem, porque cada um tem aquilo que merece e aquilo a que pode almejar.

    ResponderEliminar
  3. @ MM

    afirmou: «Ainda em portistas, são escolhas: uns são calimeros, outros convivem bem com dirigentes corruptos e podres».

    quer aprofundar o tema, ou vai ficar pela insinuação barata? é que se ficar por esta, diz muito de si...

    por último, relembro-lhe um nome certamente familiar: Jorge Gonçalves.

    «este é o nosso destino»: «a vencer desde 1893»!

    saudações desportivas mas sempre pentacampeãs! ;)

    Miguel | Tomo I

    ResponderEliminar
  4. @penta1975,

    Não tens de agradecer por dar os parabéns. Vocês ganharam com mérito, para mim isso é indiscutível.

    Não é que eu deteste/goste do Pinto da Costa, apenas acho que ele tem méritos inegáveis na gestão do clube tem também uma forma de estar que em vez de agigantar o clube só o diminui. Estás a ver o FC Porto a vencer o que vence e ter uma postura com mais fair-play? Era brutal, não era? Aí sim, seria uma chapa de luva branca a quem tenta diminuir os feitos portistas.

    Quando falaste de insinuações ainda pensei que te estavas a referir à conversa entre o árbitro e o médico portista, à qual Couceiro tentou ter acesso... Mas é como te digo, o FCP com outra postura, em alguns momentos, seria uma potência ainda maior. Acho eu.

    Olha eu pensava que os Calimeros eram outros, os que passam a vida a choramingar ;)

    Continuo a ler o teu blog religiosamente, mas o tempo tem sido escasso, como deves ter notado até aqui a actividade não é muita. Por isso tenho colocado algumas coisas para tirar a barriga de misérias (mentira! a TM é uma bomba!)

    @braços!

    ResponderEliminar
  5. @MM.

    Discordo de ti. João Moutinho, sempre que implorava para sair do Sporting estava a ser mau profissional e a prejudicar o clube. Pode ter dado tudo dentro de campo, que até nem foi muito, mas fora de campo não se comportou adequadamente. Sendo ele ou não capitão do clube, deveria saber honrar o mesmo. Não o fez. E SCP vendeu-o e vendeu-o bem. Nos valores, mas poderia não ter vendido a um rival...

    De resto o Russo Izmailov parece ter mais respeito pelo clube do que João Moutinho, que se formou no Sporting. É só por isso, por ter desvalorizado o clube de origem, que não me agrada o personagem.

    ResponderEliminar
  6. @Miguel.

    "...o que dizer de alguém que resolver progredir na sua carreira e subir um patamar na escada do Sucesso..."

    Nada contra as pessoas que almejam o sucesso, pelo contrário. Mas é precisamente aí que se pode avaliar o carácter das pessoas. Moutinho quis sair a todo o custo. A todo o custo. Ameaçou até boicotar os treinos Sportinguistas se não fosse vendido.

    Imagina que na pré-epoca aparece aí um clube a oferecer um salário maior a este tipo e ele ameaça o FCP com algo do género? É um cenário possível porque já aconteceu uma vez... O que dirias tu e todos os portistas? Maça podre? isso são insultos à betinho ;) certamente que da Invicta seriam bem mais cáusticos!

    ResponderEliminar
  7. @ DUX

    1)

    «Estás a ver o FC Porto a vencer o que vence e ter uma postura com mais fair-play?»

    estaria de acordo contigo se a história recente do FC Porto - digamos nos últimos trinta anos - por estar recheada de êxitos desportivos (que não só no Futebol) não incomodasse tanta (e boa) gente. é que passámos de um clube "simpático" (com apenas e só cinco títulos conquistados, e em termos de campeonato) para vinteb e cinco (!!).
    alguém teria que se sentir incomodado com tal sucesso. e é de facto e comprovadamente, muita "fruta" ;)

    2)

    «Quando falaste de insinuações ainda pensei que te estavas a referir à conversa entre o árbitro e o médico portista, à qual Couceiro tentou ter acesso»

    eu acho que aquela conversa visou manter a invencibilidade no campeonato, como se comprovou no último e polémico lance do encontro. daí o Couceiro não ser tido nem achado "ao barulho". [estou a ser irónico :)]

    3)

    «eu pensava que os calimeros eram outros, os que passam a vida a choramingar»

    exactly! ;)

    4)

    «Moutinho quis sair a todo o custo. A todo o custo. Ameaçou até boicotar os treinos Sportinguistas se não fosse vendido.»

    o que "sei" só o "soube" pelo que veio nos jornais - principal e nomeadamente pelo pasquim da Travessa da Queimada. penso que está tudo "dito"

    5)

    comprova-se: tens que escrever mais sobre os assuntos da bola ;)

    forte @braço

    ResponderEliminar

Escreve aqui a tua opinião, seja ela qual for.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Procurar na Bancada de Imprensa

Pesquisa personalizada

Número total de visualizações de página

SiteMeter

FeedBurner FeedCount

Page Rank

Subscribe via email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner