sexta-feira, 1 de abril de 2011

Uma leve brisa

A brisa fria que me refresca
Onde o mesmo instinto que me aflora
A brisa quente que me atiça
De meu maior desejo que vai embora

(Autor desconhecido)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Escreve aqui a tua opinião, seja ela qual for.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Procurar na Bancada de Imprensa

Pesquisa personalizada

Número total de visualizações de página

SiteMeter

FeedBurner FeedCount

Page Rank

Subscribe via email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner