segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Uma vergonha: Rui Costa e o irmão Mário suspensos provisoriamente.

O doping no desporto, especialmente no ciclismo, é uma verdadeira praga que grassa entre os atletas. Dos mais cotados aos aspirantes a vedetas. 

O ciclista Rui Costa e o irmão, Mário Costa, encontram-se provisoriamente suspensos, em virtude de terem acusado metil-hexanamida no decorrer dos Campeonatos Nacionais de contra-relógio, nos quais foram primeiro e terceiro classificados, respectivamente. 
Ambos deram positivo a uma substância que, juntamente com o benfluorex e a prenilamina, foram incluídos na lista de produtos proibidos pela Agência Mundial Antidopagem (AMA) desde o dia 1 de Janeiro. A presença máxima de pseudoefedrina é de 150 microgramas por mililitro de urina.
Os positivos, confirmados por Luís Horta, presidente da AdoP, encontram-se em fase de estudo, o mesmo acontecendo com outra situação que se assemelha ao caso despoletado por Liedson no final de um jogo da época passada e que acabou arquivado: «Por se encontrarem a decorrer estudos para apurar os resultados científicos, estas situações não se podem considerar como definitivas. Caso se venham a confirmar como positivos, os corredores sujeitam-se a uma suspensão disciplinar e só nessa altura nos poderemos pronunciar» adiantou Artur Lopes.

Fonte: Jornal a Bola 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Escreve aqui a tua opinião, seja ela qual for.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Procurar na Bancada de Imprensa

Pesquisa personalizada

Número total de visualizações de página

SiteMeter

FeedBurner FeedCount

Page Rank

Subscribe via email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner