segunda-feira, 15 de novembro de 2010

A bofetada de Hulk a Luís Filipe Vieira

From Evernote:

Os negritos são da minha autoria..

Demorou mas chegou e a estalada foi grande. Hulk esperou um ano e respondeu às perguntas dos jornalistas que estes não têm coragem de ir fazer ao presidente do Benfica. Embrulhe Sr. Vieira.
É certo que a vingança se serve fria e que Hulk até tem nome de super-herói da BD, mas a luva branca a bater cinco vezes na face de Luís Filipe Vieira foi sentida em todo o lado. E desde que o clube da luz saiu de rabo entre pernas do estádio do Dragão que ninguém ouve um pio do presidente do Benfica. O tal que adora cantar de galo sempre que lhe dão oportunidade, ou as que o próprio cria com entradas intempestivas em programas de televisão em directo.

Houvesse coragem no jornalismo desportivo, que não existe salvo raras e honrosas excepções, pois escreve tendenciosamente para o mesmo lado e com a mesma cor de tinta na pena, e a pergunta a fazer a Luís Filipe Vieira no final do jogo em que este viu a sua equipa ser esmagada por 5-0 seria a óbvia: já consegue identificar ou reconhecer Hulk se o vir na rua, na paragem do autocarro, ou até a jogar futebol? E já agora saber se a opinião que tem sobre este jogador, e que partilhou com o mundo no passado ano (com aquele ar de intelectual das câmaras-de-ar) se mantém?

Mas não. Os jornalistas preferem andar a bajular o senhor por terras de Angola, como se de uma visita papal se tratasse, a confrontá-lo com as suas próprias afirmações. É o jornalismo desportivo que temos, e são seis milhões dizem eles, há que fazer pela vida. Compreendo.

Hulk é o jogador que Vieira considerou "vulgar e que apenas se distinguia no campeonato português por ser o jogador que mais bolas perdia dentro de campo". Disse ainda na altura, com a bazófia habitual, "não entender tanta polémica em relação ao castigo (a Hulk), pois considerava não ser este um jogador fundamental para a equipa do Porto".

Pois é, Hulk foi castigado na época passada da forma que sabemos. Castigo que cumpriu na íntegra e afastou o FC Porto definitivamente do título. Castigo que mais tarde se veio a revelar mal aplicado por instâncias superiores às que haviam tomado a patética decisão em qualquer parte do mundo onde se pratique futebol. Desde que Hulk voltou aos relvados, ainda decorria a época transacta, o FC Porto não mais voltou a perder. Nem um jogo sequer.

E agora finalmente a chapada de Hulk, com a mão bem aberta, e com os cinco dedos à mostra, após o jogo de domingo passado: "Se ele (L. F. Vieira) não me conhecia, vai abrir o jornal e eu estarei lá. Só eu sei o que passei e sofri por ficar três meses sem jogar. É muita coisa para um jogador. Se na temporada passada tivesse jogado teria ajudado mais... Foi uma injustiça, mas é passado" Hulk

Nada a acrescentar. Não ouvi qualquer declaração do presidente do Benfica em relação ao jogo ou a Hulk em particular. Deve ter engolido uma bola de pêlo. Batam-lhe nas costas, não vá o homem ficar verde. E não o queremos sufocado, só mesmo pela pressão de ver o FC Porto voltar ao lugar de onde nunca devia ter saído, sem nada poder fazer. Na frente. Até ao fim.

Fonte: Tiago Mesquita (www.expresso.pt)
8:00 Quinta feira, 11 de Novembro de 2010
 

1 comentário:

  1. Oh tiago cresce.O hulk é bom???o cardozo em 4 épocas tem mais 50 golos que o hulk em 3,temos 32 campeonatos e isso é que vos doi...só ganham com corrupção.Sem comprarem árbitros não ganham nada

    ResponderEliminar

Escreve aqui a tua opinião, seja ela qual for.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Procurar na Bancada de Imprensa

Pesquisa personalizada

Número total de visualizações de página

SiteMeter

FeedBurner FeedCount

Page Rank

Subscribe via email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner