quinta-feira, 4 de novembro de 2010

O dia em que o SL Benfica salvou o FC Porto da bancarrota

Bela Guttmann (*)
Parece impossível, mas não. É mesmo verdade. Foi a receita do clássico de 3 de Abril de 1960 que salvou o FC Porto do descalabro financeiro. Pelo meio houve um dirigente portista que pediu auxílio financeiro aos dirigentes Benfiquistas. Acabou despedido. Entre 1959 e 1960, período em que se sagrou campeão nacional pela última vez antes de uma seca de 19 anos, o FC Porto perdeu 7 mil sócios. Luís Ferreira Alves, o presidente, demitiu-se e lamentou-se no seu último dia: "O FC Porto paga mal a quem o serve." Semelhanças com as últimas lamentações de Vitor Baia? Muitas.

Nesta época o FC Porto tinha cerca de 500 contos ordenados em atraso com os seus futebolistas, uma barbaridade para a época. Com a demissão de Luís Ferreira Alves coube a uma comissão administrativa presidida por Ângelo César, tomar contas dos destinos do clube. Aproximava-se o FC Porto-Benfica para a 23ª jornada do campeonato nacional, a 3 de Abril de 1960, e Aníbal Abreu, dirigente azul e branco da referida comissão, emitiu um telegrama de pedido de ajuda financeira. O destinatário era Maurício Vieira de Brito, presidente do Benfica, o conteúdo era simples: que os encarnados prescindissem da sua parte da receita a favor do desvalido FC Porto. Ângelo César, ao tomar conhecimento do sucedido, reagiu de pronto e com enorme dignidade (não se esqueçam que eram outros tempos) enviou também ele um telegrama a Aníbal Abreu: 
"Acabo de tomar conhecimento do telegrama enviado ao presidente do Benfica. Rogo V. Exa. apresente pedido de demissão por esta via. Se não, demiti-lo--emos. O FC Porto, embora atravesse uma situação francamente delicada, não precisa de pedir esmolas. A atitude do sr. Aníbal Abreu deixou-nos a todos indignados e o Benfica terá achado o seu pedido uma autêntica loucura, um disparate sem pés nem cabeça."
Dia do clássico. O Presidente da comissão Ângelo César foi ao balneário da sua equipa e pagou todos os ordenados em atraso. Talvez em dinheiro vivo, porque penso que na altura ainda não estavam instituídos os pagamentos em géneros. 

O que é certo é que os jogadores portistas galvanizaram-se e quando a derrota parecia certa, o SL Benfica vencia 2-0 a 3 minutos do fim, Roberto (que ironia...) aos 87'' e Humaitá aos 90'' alcançaram um empate muito sofrido. No jogo das receitas os adeptos deixaram 780 contos. O FC Porto ficou com a sua parte, 490 contos e o Benfica ficaria com 155 contos. Sim, na altura, como agora a Federação era uma sugadora de dinheiro, ficou com o remanescente, 135 contos. 
No final, feitas as contas e com orgulho restabelecido, o FC Porto seguiu o campeonato onde acabaria por ser 4º classificado com 30 pontos. O 3º seria o CF Belenenses (36 pontos), o 2º o SC Portugal com 43 e o Campeão Nacional, SL Benfica com 46 pontos. 

Classificação pouco provável de acontecer esta época. Não, não me estou a referir ao CF Belenenses.

(*) Treinador Benfiquista que trocara o azul pelo vermelho no Verão de 1959

15 comentários:

  1. Uma coisa é certa, não podemos meter no mesmo saco a instituição fcp e os mafiosos que actualmente estão a tomar conta da mesma. Que se servem dela, para encher os bolsos deles, e os tolinhos dos socios da agremiaçao de ocntumil, idolotram-nos como se fossem deuses.

    SAUDAÇÕES GLORIOSAS

    ResponderEliminar
  2. Antes do "Padrinho" de Contumil assaltar o poder nesse clube ele era um clube honrado que tinha tido grandes jogadores e grandes equipas.

    Hoje, e o Baía toca na ferida, é apenas o clube conhecido por ser Estrela no Youtube e parece que todos os adeptos do Porto entraram em histeria colectiva só comparável à que assolava os alemães no final da década de 30 do século passado

    ResponderEliminar
  3. @Anselmo Damásio. Tens toda a razão. O FC Porto já deu grandes motivos para nos orgulharmos todos de ser portugueses. Eu respeito muito o FCP, tal como respeito o SLB e o SCP. Mas quando há motivos para crítica não nos devemos retrair. Quanto aos dirigentes que enchem os bolsos, só te digo que não serão os únicos!
    Anselmo, então como é ser adepto do Benfica aí em Toronto? Como é que fazes para ver os jogos na TV? Vês em casa ou costumas ver num local com amigos?
    Se te convidar para seres o correspondente oficial da Bancada de Imprensa no Canadá tu aceitas? :D :D
    Mas estou a falar a sério!!!
    Abraços e aparece sempre!

    ResponderEliminar
  4. @Carlos Alberto. Eu acho que o FCP continua a ter grandes jogadores e grandes treinadores. Isso é inegável. A questão da honra... já se sabe que nos dias de hoje não há santinhos. Não vou por aí, porque é um caminho que não gosto. Eu prefiro mesmo ver a bola, as questões laterais que causam náuseas evito sequer em pensar nelas. Porque se pensar de certeza que não levanto o rabo da cadeira para ir ver um jogo :)
    Penso que o Vítor Baía focou mais o aspecto de o FC Porto viver muito fechado em si mesmo e não se auto-promover, de não cavalgar na onda de sucessos nacionais e internacionais, e não tanto na questão da corrupção.
    O tipo até tinha razão e nesse dia subiu na minha consideração. Ok, no dia seguinte, ao negar tudo, borrou a pintura toda...

    PS: Gostei do vídeo que colocaste hoje no teu blog, o Benfiliado.
    Vamos lá ver se no domingo o tipo não estorva o pessoal que quer é ver a bola!

    ResponderEliminar
  5. Na altura que vi o post não tive tempo de comentar. Faço-o agora, já depois de ter visto o teu comentário lá no Blog, o qual respondi.
    Pena não teres aqui a Widget seguidores. Já linkei este Blog nos meus Blogues desportivos.

    Abraço.

    ResponderEliminar
  6. @Manuel. A Widget seguidores está no canto inferior direito (eu sei tenho de mudar isso!). Adicionado claro!

    ResponderEliminar
  7. Meu caro DUX_XXI, claro que o FCP continua a ter bons jogadores mas voltando ao meu comentário, também os alemães tinham bons 'generais'.
    Acho que foi escolhido um caminho que não deixa brilhar quem pode brilhar e isso vê-se e sente-se por exemplo a mesma coisa em Italia, nunca mais a Veccia Segnhora Juve terá o brilho que teve.

    ResponderEliminar
  8. Grande Bela Guttmann... Outros tempos. Grande texto, sim senhor. Isto mostra, portanto, que o facto de o Benfica ser o pai dos outros clubes não vem de agora, inclusive clubes que agora são «grandes»... É a «justiça» divina, como dizia o outro, ehehhehe!

    Espero pela segunda parte, que ouvi dizer que havia...

    Abraço

    Márcio Guerra, aliás, Bimbosfera

    Bimbosfera.blogspot.com

    ResponderEliminar
  9. @Carlos Alberto. Aceito a tua linha de pensamento, mas como o Anselmo Damásio disse, e muito bem, não devemos confundir a instituição com as pessoas que no momento estão no poder. O Benfica também passou por momentos delicados, com Vale e Azevedo, e no entanto continuou a ser uma instituição respeitável. O mesmo acontece com o Porto, que quer se queira quer não, já alcançou feitos notáveis nacionais e internacionais.

    ResponderEliminar
  10. @Bimbosfera. Pois é Márcio, estou a tentar encontrar informação sobre esse personagem mítico, Aníbal Abreu, que se destacava na cidade do Porto nas décadas de 50 e 60. Não está ser fácil encontrar informação validada sobre ele, mas o post está prometido para o ínício da próxima semana.
    Um abraço!

    ResponderEliminar
  11. voces benfiquista nao esquecem mesmo o passado longinquo....encher os bolsos todos enchem, o probelema e q o fcporto ganha titulos e promove jogadores todos os anos , enquanto ao pagar bem , chego a conclusao q nao adianta nada , pois o nosso campionato e fraco e os jogadores depois d terem ganho o q ganharam a epoca passada , ja nao tem motivaçao para continuar neste campionato

    ResponderEliminar
  12. para manter a equipa competitiva nessecitamos d valorizar novamente .... de vender quem ja ganhou e dar opurtunidade a quem quer vencer ...as partidas do vilas boas e do falcao assim o dizem e os q ficaram gostavam tambem d ter ido ....o fcporto e uma equipa q ja devia tambem ser vendida para um campionato ingles ou espanhol :))

    ResponderEliminar
  13. vitor baia bosiwgua carvalho pepe alvaro pereira fernando joao moutinho deco quaresma hulk falcao..... porto B helton bruno alves paulo ferreira jorge andrade costinha maniche lucho gonzales anderson james rodrigues lisandro lopez derlei

    ResponderEliminar
  14. equipa C do fcporto beto fucile rolando tonel nuno valente paulo assunçao guarin beluchi alinichetv beny macrthy varela :)))

    ResponderEliminar
  15. o Porto noutro campeonato????deixem me rir,devias querer dizer na 2ªdivisão,porque foi o que aconteceu à juventus por manipular resultados.Só ganham comprando árbitros.O Benfica domina há 108 anos.temos 32 campeonatos e 24 taças.Nós é que deviamos tar noutro campeonato,porque aqui ninguém nos apanha

    ResponderEliminar

Escreve aqui a tua opinião, seja ela qual for.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Procurar na Bancada de Imprensa

Pesquisa personalizada

Número total de visualizações de página

SiteMeter

FeedBurner FeedCount

Page Rank

Subscribe via email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner